Bia Zaneratto e Guilherme Madruga são indicados ao Prêmio Puskás 2023

O Brasil tem dois concorrentes ao Prêmio Puskás 2023,que elege o gol mais bonito do ano. Nesta sexta-feira (22), a FIFA divulgou que Bia Zaneratto e Guilherme Madruga estão entre os indicados. O vencedor será anunciado na premiação do The Best 2023, que ainda não tem data definida.A votação deste ano compreende os gols de19 de dezembro de 2022 a 20 de agosto de 2023.

Para votar, basta acessar o site da FIFArealizar um login e escolher seu Top 3 de preferidos até o 10 de outubro.Além dos brasileiros, há outros nove concorrentes ao prêmio:Álvaro Barreal (FC Cincinnati), Linda Caicedo (Colômbia), Julio Enciso (Brighton), Seong-jin Kang (Coreia do Sul Sub-20), Sam Kerr (Austrália), Brian Lozano (Atlas), Iván Morante (Ibiza), Nuno Santos (Sporting) e Ashkat Tagybergen (Cazaquistão).

BIA ZANERATTO

A atacante se candidata ao prêmio com o golaço marcado na estreia da Seleção Brasileira pela Copa do Mundo Feminina contra o Panamá, no dia 24 de julho. No começo da jogada, Debinha tocou para Adriana, que devolveu de letra. Debinha então cruzou para Ary Borges, que passou de calcanhar para Bia Zaneratto balançar as redes e anotar o terceiro gol do Brasil na partida.

“Não tem como ter um sentimento diferente ao receber essa notícia de concorrer ao Puskás, estou muito feliz. Não posso deixar de enaltecer também todas as jogadoras que participaram desse gol, porque ele foi totalmente coletivo, ao estilo brasileiro.

Bia Zaneratto celebra golaço contra o Panamá

Para ver o gol de Bia Zaneratto, clique aqui.

GUILHERME MADRUGA

No dia 27 de junho, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o meio-campista Guilherme Madruga, do Botafogo-SP, acertou uma bicicleta de fora da área que encobriu o goleiro do Novorizontino e garantiu os três pontos do time.

Com o objetivo de dar visibilidade ao jogador, o clube promoveu a hashtag#MadrugaPuskas, que teve sucesso com a indicação do jogador. Madruga não esconde a felicidade de concorrer à honraria e diz que ainda guarda lembrança do lance.

Xem thêm:  Descubra a emocionante jornada da dobrowin no mundo dos jogos de cassino e apostas!

“Estou muito feliz por concorrer ao Prêmio Puskás, um dos mais importantes do futebol mundial. É uma sensação indescritível”, comemorou.

“O gol está fresco na minha memória porque vejo várias vezes e muita gente ainda comenta. Estava de costas para o gol e com dois adversários me pressionando. Assim, minha única alternativa para finalizar era tentar uma bicicleta. Fui muito feliz e acertei o ângulo do goleiro adversário. Realmente foi um golaço”, descreveu.

Guilherme Madruga sonha em vencer o Prêmio Puskás

Para ver o gol de Guilherme Madruga, clique aqui.

APOIO DOS BRASILEIROS

Além do voto popular, uma banca de ex-jogadores também elege o vencedor, e ambos os grupos têm o mesmo peso.Os indicados pediram o apoio do brasileiros na votação

“Peço que o torcedor brasileiro e todo os amantes de futebol votem no meu gol de bicicleta. Quero trazer esse prêmio novamente para o Brasil após oito anos”, disse.

“Convido todo torcedor brasileiro a votar bastante nesse gol, para que esse prêmio venha para o Brasil”, afirmou Bia.

HISTÓRICO BRASILEIRO NO PRÊMIO

O Brasil tem dois ganhadores do Puskás: Wendell Lira, em 2015, pelo Goianésia, com o voleio em partida pelo Campeonato Goiano; e Neymar, em 2011, pelo Santos, após driblar toda a defesa do Flamengo no histórico 5 a 4 para os cariocas, pelo Brasileirão.

Neymar levou o Prêmio Puskás por golaço no jogo Santos 4 x 5 Flamengo no Brasileirão de 2011

Wendell Lira recebeu placa em homenagem à sua conquista do Prêmio Puskás 2015

+100k
+50k
+120k
+1M
+75k
$